Mendoza

Mendoza

A capital do vinho na Argentina é hoje um dos principais destinos de enoturismo em todo o mundo. Em função da vizinha e exuberante Cordilheira dos Andes, que faz uma barreira natural para a humidade que vem do Oceano Pacífico, a região de Mendoza está classificada como dentro de clima árido, quase desértico. Ainda assim não há falta de água para a população ou vinhedos, graças aos já centenários dutos que trazem a água do degelo das montanhas. Esta “quase” certeza de sol o ano inteiro é mais um ponto positivos para quem vai visitar a região.

Como acontece em outros estados da Argentina, Mendoza é o nome do estado assim como também de sua capital. Isso por vezes faz com que algumas pessoas, naturalmente, optem por ficar na cidade Mendoza. Embora a cidade seja agradável, os principais vinhedos e vinícolas (ou Bodegas em espanhol), estão ao menos há 20-30 km da cidade. Algumas microrregiões consagradas, e com vinícolas fantásticas, estão muito mais distantes, como são os casos do Valle do Uco (85km) ou Tupungato (75Km). Portanto, se estiver procurando uma estadia mais charmosa, e próxima dos vinhedos, opte por ficar em locais como Lujan de Cuyo, Chacras de Coria (charmosíssima e com ótimos restaurantes). Ou, ainda mais intimista, opte por se hospedar em alguma das vinícolas que oferecem esta possibilidade.

Mas o turismo em Mendoza não se resume somente aos fermentados de uvas. A região é de uma beleza natural incrível, tanto em suas planícies, quanto nas montanhas ao seu redor: guanacos (um tipo de lhama), vulcões, estradas centenárias e muitos outros atrativos certamente são o pedido perfeito entre um dia e outro de degustações.

Converse conosco para que lhe ajudemos a preparar uma viagem inesquecível à Mendoza.

Faça suas perguntas, envie seus comentários!

 

%d blogueiros gostam disto: