Anguilla

Em 2014 decidi que queria comemorar meu aniversário no Caribe. Comecei a pesquisar e um dos meus pré-requisitos era fugir das ilhas mais populares, como Aruba, Curaçao ou República Dominicana. Mirava em algo novo, pouco explorado e lindo – tinha que ser incrível, ter praias desertas… E, finalmente, ao pesquisar St. Martin, descobri Anguilla, exatamente o paraíso que buscava! A viagem a essa quase desconhecida ilha do Caribe, junto à St Barths, foi um dos melhores presentes de minha vida!

_DSC8871

Shoal Bay East

Descoberta por Cristóvão Colombo em 1493, Anguilla é pequena: somente 26 km de comprimento por 5 km de largura. A ilha possui 33 praias e o desafio é encontrar a sua preferida, a menos exuberante. As cores da água variam de um azul turquesa difícil de acreditar pelas fotos, a um verde esmeralda, quase transparente. A população em 2016 era estimada em 15.000 habitantes, mais de 90% de etnia negra. Por se tratar de  um Protetorado do Reino Unido, todos falam inglês. São um povo extremamente educado e hospitaleiro (parece uma cidade do interior, com todos se cumprimentando). O volante fica ao lado direito do carro. A moeda oficial é o Eastern Caribbean Dollar, mas o dólar americano é amplamente aceito em toda a ilha.

_DSC8767

Sim, a praia é toda sua.

Para quem é Anguilla:

  • Para quem gosta de praias paradisíacas – muitas delas!
  • Para uma lua de mel em um lugar incrível, a apenas 11 horas de viagem do Brasil (pela Copa Airlines) e com apenas uma hora de diferença no fuso-horário – compare com 30 horas de viagem + 8 de fuso com as Maldivas.
  • Para quem quer sossego: sozinho, em casal ou em família. Anguilla não tem nenhum grande resort, não tem casinos, nem mesmo um shopping center. Esportes aquáticos motorizados (jet ski) são proibidos. A vida noturna se resume à festas em alguns hotéis, uma famosa casa de Reggae ou a uma única casa noturna.
  • Para quem gosta de um bom Reggae – há ótimas opção na ilha.
  • Para quem gosta de comer bem. A ilha possui ótimos restaurantes, administrados por locais ou por Chefs dos EUA ou Europa que largaram tudo e foram para lá, a fim de satisfazer paladares como os de Robert DeNiro e Paul McCartney, visitantes frequentes.
_DSC9500

Convidativo?

Para quem Anguilla não funciona:

  • Para quem busca agitação dia e noite.
  • Para quem estiver com o orçamento muito baixo – apesar de não ser cara como a irmã St. Barth, a exclusividade e beleza tem seu preço.
  • Para quem busca grandes resorts com sistem all-inclusive e atividades na piscina e mar o dia inteiro.

_DSC8796

Como chegar

Anguilla fica a pouco menos de 20km de St. Marteen /St Martin, onde fica localizado o grande aeroporto internacional Princesa Juliana. Você chega à St Marteen do Brasil através de Copa Airlines, com ótimas conexões na Cidade do Panamá, ou através dos EUA, voando Delta ou American Airlines, mas com piores conexões e o inconveniente de fazer migração nos EUA. De St. Marteen para Anguilla, são duas opções: 1- pegar um taxi do aeroporto e se encaminhar para o porto de St. Martin (cerca de 20 minutos, por US$20). De lá saem lanchas de passageiros a toda hora para o trajeto de 20 minutos até Anguilla (cerca de US$15/pessoa); 2 – voar para Anguilla através da Anguilla Air Services. O voo dura pouco mais de 10 minutos e custa cerca de US$100 por trecho – siga este link. A ilha, assim como nenhuma das ilhas ao redor, não exige visto de nacionais do Brasil.

Como se locomover

Sem dúvida você deverá alugar um carro, ou estará sujeito a chamar táxis o tempo todo, e certamente irá gastar muito mais. Ao reservar com alguma das grandes locadoras (eu escolhi a Avis) estas deverão deixar seu carro estacionado no local onde você ficará hospedado, e um agente irá passar por lá depois para assinar o contrato – tudo muito funcional. Desta forma, chegando de barco ou avião à ilha, você deverá pegar um táxi até seu hotel.

_DSC9507

O Malliouhana Auberge Resort.

Dois pontos importantes: na ilha, por ser um protetorado Britânico, os carros tem volante no lado direito e se dirige sempre do lado esquerdo da rua, portanto é aconselhável sempre alugar um carro automático. Algumas locadoras oferecem carros com volante no lado esquerdo – mas nunca se esqueça de permanecer do lado esquerdo da estrada! Você deverá pagar por uma licença de dirigir temporária, vendida pelas próprias locadoras, pelo valor de US$20.

A ilha, por ser muito pequena, possui somente uma estrada principal, que corta todo o território, e diversas pequenas estradas vicinais, a maioria de terra ou areia. Para navegação, eu usei o APP da Tomtom que tenho instalado em meu celular.

anguilla map

Nature Explores Anguilla

Onde Ficar

Como já mencionado, a ilha não possui nenhum grande resort com centenas de quartos. Uma boa parte dos hotéis são de categoria superior/luxo, mas também existem opções mais baratas, incluindo o aluguel de apartamentos e pequenas casas de locais. Se quiser preços mais baixos e promoções, procure ir após a Páscoa, mas antes de Julho ou Agosto, quando aumentam as chances das tempestades tropicais, ou até mesmo furacões.

Carimar Beach Club – Foi onde eu me hospedei. Localizado na idílica praia de Mead’s Bay, aluga casas de dois andares divididas para dois clientes ,térreo ou superior. Acomodam confortavelmente um casal com até dois filhos. As casas estão todas viradas para o mar, mas apenas duas tem a vista indevassável. As casas são completas, incluindo ótima cozinha, e contam com arrumação diária. Não oferece café da manhã. A poucos km dali fica o maior supermercado da Ilha, onde se pode comprar de tudo – preços em Eastern Caribbean Dollars. Dica: fui em um mês de junho e peguei uma promoção 7 dias por 5 diárias – aparece um pouco antes da Páscoa. Com esta promoção eu paguei US$160/dia em Junho de 2014.

_DSC9512

Foto tirada da areia – a 10 metros do mar.

Frangipani Beach Resort – sempre disputando a primeira colocação no TripAdvisor com o Carimar Beach Club, o Frangipani fica na mesma praia, a poucos metros de seu rival. Oferece quartos com bastante conforto e ótimo serviço de praia.

Four Seasons Resort and Residences Anguilla – Um dos cinco estrelas da Ilha, também na mesma Meads Bay, oferece quartos e Vilas luxuosas a preços compatíveis com a sofisticação.

Belmond Cap Juluca – O único hotel na exclusiva Maundays Bay, com todas as Vilas literalmente na areia da praia. Pertence ao mesmo grupo dono do Copacabana Palace. Se estiver fora do seu budget, ao menos passeie pela praia durante sua estada – não se esqueça, todas as praias de Anguilla são públicas.

Zemi Beach House, Resort & Spa – Na famosa Shoal Bay, o Zemi é um hotel de luxo com todos os serviços que você possa esperar, incluindo um ótimo restaurante e serviços de praia. 

Onde Comer

De acordo com o respeitado site Condé Nast, Anguilla oferece a melhor gastronomia de todo o Caribe! Desde Haute Cuisine até fantásticas barracas de praia (Beach Shacks), onde você encontra peixes e crustáceos chegando no mar do Caribe. Poucas pessoas iriam discordar de que em Anguilla é muito difícil errar na escolha de onde comer. Não importa o preço que você está disposto a pagar, nesta ilha você irá comer bem. Esses são apenas alguns exemplos, muitos outros, assim como informações mais detalhadas sobre a ilha, seus restaurantes e hotéis, podem ser encontradas neste ótimo website.

crayfish-anguilla-johnny-cake

Crayfish & Hot Johnny Cakes – Tradição de Anguilla – Fonte:anguilla-beaches

Sunset Lounge at Fourseasons Anguilla – Bar sofisticado servindo pratos com toque asiático e com uma incomparável vista para o mar de caribe e o pôr do sol.

Blanchards Beach Shack – versão “fastfood de praia” do já famoso Blanchards Restaurant, logo ao lado. Ótimos sanduíches, saladas, cookies, etc.

Blanchards Restaurant – já uma instituição na ilha, comandado pelo casal Bob e Melinda, o Blanchards é a pedida certa para um jantar romântico a dois.

Veya Restaurant – Em linda construção que remete a uma casa de árvore, o Veya serve pratos sofisticados com uma variada lista de vinhos. Foi onde comemorei meu aniversário de 40 anos. Como a maioria dos restaurantes desse nível na ilha, reservas são altamente recomendadas.

Sunshine Shack – O único Shack na praia de Rendezvous, famoso tanto por seu dono, Garvey (figura local e ótimo músico), quanto por sua vista da praia e ilha de St. Martin. Frescos peixes e frutos do mar são feitos na grelha a sua frente e servidos em sua barraca.

_DSC8633

_DSC8632

Rendezvous Beach, em frente ao Sunshine Shack.

O que fazer

Explorar a ilha desde seu centro mais urbanizado, até o leste, inóspito e acessível por 4×4 (preferencialmente), kite surf, Stand-up Paddle, mergulho por snorkel ou garrafa, caça submarina, pesca em terra ou alto mar, velejar para a próxima e inabitada Prickley Pear Cays. Não há falta do que fazer em Anguilla!

Com a exceção de Sandy Ground Beach, o porto principal, e as praias com hotéis à beira-mar, muitas das praias de Anguilla tem pouco ou nenhum serviço, por isso é recomendado levar ou pegar emprestado guarda-sol, cadeiras e um cooler com bebidas e snacks para seu passeio. A maioria dos hotéis fornecem os itens básicos de praia sem custo adicional.

Pergunte em seu hotel qual será o bar ou restaurante com show nos dias em que estiver visitando. Como a ilha é pequena, e o número de visitantes não é grande, é normal que hajam somente um ou dois locais com shows diurnos a cada dia da semana. Seu hotel deverá saber lhe informar o lugar certo.

Passeio de Barco – Fizemos o passeio de Catamarã com a Sail Chocolat – foi tudo perfeito. O capitão, Sr. Rollings, a princípio parece antipático, ditando todas as regras dentro de sua embarcação, mas logo todos percebem que aquilo é necessário a fim de assegurar a segurança de todos, e ele se mostra muito simpático e solícito por todo o passeio.  Visitamos Prickly Pear Cays, duas pequenas ilhotas inabitadas a cerca de 10 km da costa de Anguilla. Um ótimo almoço é servido na ilha e depois de cerca de 2 horas partimos para Sandy Island, uma ilhota entre Anguilla e Prickly Pear – um daqueles locais perfeitos para se filmar um comercial de pasta de dente : )

_DSC9037

Prickly Pear Cays.

DSCN0581.jpg

Sandy  Island. Ótimo local para snorkeling.

Stand-up Paddle até Little Bay – Little Bay é uma linda praia onde se chega somente de embarcação (alguns mais corajosos escalam o penhasco). Você chega através da praia de Crocus Beach, onde pode pagar US$10/pessoa pela carona de um barco taxi (ida e volta) ou alugar uma prancha de SUP no CéBlue Resort, por cerca de US$15/hora. Leve água e comida para Little Bay, pois não há nenhum serviço na pequena praia. Ao voltar, verifique se haverá show de Reggae no CéBlue – geralmente aos sábados e/ou domingos. Servem ótimos almoços e drinks por lá também. 

_DSC8602

Stand-up Paddle saindo de Crocus Beach.

_DSC8862

Areia fina e branca e água morna!

_DSC8695

Pôr do Sol em Mead’s Bay – em frente ao Carimar Beach Club.

Preciosa dica – É possível e simples combinar Anguilla e a charmosíssima vizinha ilha de St. Barthélemy (ou St. Baths para os íntimos). Não existem voos comerciais ou barcos regulares entre as ilhas, apesar de que reservar um destes é possível. O ideal é voltar para St. Martin e seguir de barco (cerca de uma hora) ou avião, 13 minutos, em um dos passeios mais lindos e emocionantes que terá na vida! Mas essa é história para outro post!

Quando ir

Anguilla está no cinturão de furacões do Caribe, portanto, oficialmente, a temporada com riscos de furacões vai de junho a novembro, apesar de que muito raramente eles ocorram nos meses limítrofes. Eu fui em junho que o tempo estava magnífico. Os preços são mais altos entre o início de dezembro até o feriado de Páscoa, quando passam a se oferecer boas promoções de hotéis e serviços. 

Comente, pergunte e iremos responder.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: